Pages

As Proezas Sexuais de Muhammad

A tradição Islâmica conta que Muhammad (‘Maomé’, Mohamed, etc) era um super-homem do sexo:

Narrou Qatada:
Anas bin Malik disse, “O Profeta costumava visitar todas as suas mulheres de uma só vez, durante o dia e noite, elas eram onze em número”. Perguntei a Anas, “E o Profeta tem força para isso?” Anas respondeu, "Nós costumávamos dizer que ao Profeta foi dada a força de trinta (homens)”. E Sa'id disse na autoridade de Qatada que Anas havia dito a ele sobre nove esposas apenas (e não onze). (Sahih al-Bukhari, Volume 1, Volume 5, Número 268)

Narrou Anas bin Malik:
O Profeta costumava visitar todas as suas mulheres em uma noite e ele tinha nove esposas na época. (Sahih al-Bukhari, Volume 1, Volume 5, Número 282. Ver também hadiths paralelas no Vol. 7, Livro 62, números 6 e 142)

Qual a credibilidade dessas tradições? Note que Muhammad não era um jovem de vinte ou vinte e cinco anos na época – e mesmo com essa idade teria sido bastante incrível -, mas ele já estava com cerca de 60 anos quando finalmente adquiriu todas as nove esposas. Além disso, essas tradições dizem que este não foi um evento excepcional e único, mas alegam que Muhammad fazia isso regularmente.

Há um outro hadith que pode fornecer uma explicação de como estas tradições acima devem ser entendidas:

Narrou Aisha: Magia foi lançada sobre o Apóstolo de Allah de modo que ele costumava pensar haver tido relações sexuais com suas esposas, enquanto ele, na verdade, não havia tido. (Sahih al-Bukhari, Volume 7, Volume 71, Number 660, ver também Número 661)

Talvez o hadith queira dizer que Muhammad estava imaginando fazer sexo com suas esposas – enquanto, na realidade, ele não fazia – o seja, será que esta última hadith é um comentário que explica as outras? Observe novamente que essa tradição (que é oriunda da esposa e parceira sexual preferida de Muhammad!) também enfatiza que isso acontecia não apenas uma vez, mas regularmente.

Para uma discussão detalhada sobre a questão de Muhammad ser vítima de magia, consulte os artigos listados na seção sobre Muhammad aqui.

Mesmo que Muhammad provavelmente não tenha feito tanto sexo quanto ele imagina estar fazendo, as tradições acima ainda fornecem uma evidência de que o sexo era algo com bastante destaque em sua mente.

Implicações mais amplas

As conseqüências desta observação são muito maiores do que simplesmente produzir uma imagem mais clara da vida sexual de Muhammad. Aparentemente, os hadiths chamados de autênticos e confiáveis estão relatando ilusões e alucinações de Muhammad como se fossem reais!

Se esse realmente for o caso sobre este assunto, imediatamente levanta-se a seguinte questão: Quantos mais hadiths da tradição Islâmica poderiam potencialmente se enquadrar nessa categoria? Muitos dos ensinos do Islã, seja quanto à teologia ou às instruções práticas da vida, são baseadas nestes hadiths. Estariam os Muçulmanos construindo sua fé e suas vidas em algo que pode ter sido nada mais do que simples delírios e alucinações de Muhammad?

Se verificar-se que as ilusões de Muhammad são narradas como fatos no hadiths, isso também levanta dúvidas em relação ao Alcorão. E se algumas ou todas as alegadas “visitas do anjo Gabriel” e as “revelações” recebidas por ele forem criações de uma mente instável, e foram realmente uma ilusão, em vez de um fato?
Para mais sobre Muhammad, Alcorão, Islamismo e Cia, visite meu site teológico sobre o Islamismo: www.answering-islam.org/portugues.

Por favor, se gostou, clique no botão +1:

3 comentários:

  1. mas que PUTARIA é essa

    ResponderExcluir
  2. é o profeta do bacanal aí gente! viva o paganismo (disfarçado de monoteísmo)!!!
    viva a putaria islâmica!!!
    viva às "virgens" do inferno (ops! do paraíso!)

    hahahahahahaahhaaha

    ResponderExcluir
  3. Maometanos: "Vocês pertencem ao pai de vocês, o Diabo, e querem realizar o desejo dele. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele" (Jo. 8,44).

    ResponderExcluir